Vereador Carlos da Liga deixa base do prefeito de Luziânia e diz que fará oposição responsável

Política

O vereador Carlos da Liga (PSB) anunciou na manhã desta terça-feira (01), a sua saída da base de apoio do prefeito de Luziânia Cristóvão Tormin.

Na tribuna, durante a primeira sessão ordinária realizada na casa de leis da cidade, o parlamentar que é ex-vice-líder do governo falou sobre obstáculos, centralismo, descrédito, empáfia, soberba e ilusionismo. Episódios que segundo ele, o fizeram tomar a decisão de sair da base de apoio do governo.

Carlos da Liga também ressaltou que fará uma oposição responsável, com foco em dias melhores para a população.

Confira o discurso na íntegra:

Venho a esta tribuna na data de hoje primeiro de agosto de 2017, para enfatizar a posição do Partido Socialista Brasileiro (PSB) nesta notável casa de leis.

Ante ao exposto quero manifestar meu respeito pelo companheiro de partido Marcelo Braz, visto que nas eleições de 2016 participamos de uma coligação proporcional entre PSB e PRB, coligação vitoriosa conquistando duas cadeiras. Com a licença da vereadora do PRB, atualmente o PSB conta com dois assentos nesse parlamento.

No entanto, quero destacar que irei seguir as diretrizes do meu partido, porém com coerência, explicitando a todos que a partir de hoje o PSB não fará mais parte da base de apoio ao governo municipal de Luziânia. Portanto ficando nesta casa de leis partido oposição e independencia.

Farei uma oposição responsável com seriedade, e acima de tudo com foco em dias melhores para nossa população. Continuarei fiscalizando e apontando as necessidades em busca de soluções.

Votarei favorável aos projetos que beneficie a população, adotando as diretrizes do meu partido.

Pontuo aqui: que obstáculos, centralismo, descrédito, empáfia, soberba, ilusionismo, dentre outros episódios fizeram com que eu viesse tomar a decisão de sair da base de apoio deste governo.

Agradeço a parceria de sempre do presidente da executiva municipal do PSB, o nobre deputado estadual Diego Sorgatto, deputado atuante, humano, companheiro de todas as horas.

Ressalto que o Deputado Diego ao assumir a presidência do partido sem centralismo, abriu espaço para o crescimento dos filiados.

Vereador Carlos da Liga – PSB