Simpósio reúne especialistas e educadores para discutir autismo, em Luziânia

Geral

Em comemoração ao Dia Mundial de Conscientização Sobre o Autismo celebrado no dia 02 de abril, a Prefeitura de Luziânia, por meio da secretaria municipal de educação realizou o “I Simpósio Municipal de Autismo.

O auditório do Centro de Cultura e Convenções foi o palco do evento que reuniu 350 espectadores, dentre autoridades, estudantes, profissionais, professores, pais de autistas e sociedade civil organizada.

O evento foi aberto pela secretária de educação, professora Indiana Carneiro, que destacou a importância deste encontro para a sociedade de Luziânia. “É a primeira vez que a prefeitura reúne centenas de pessoas para discutir este tema. Tudo que pudermos fazer para capacitar nossos educadores para compreenderem e lidarem com essas pessoas especiais, faremos”, afirmou.

A diretora da Divisão de Atendimento às Necessidades Educacionais Especiais, Enilza Aparecida Sutero, elencou a importância da equipe multidisciplinar que compõe a rede de educação especial do município. “Não vamos chegar a nenhum resultado se não detectarmos as síndromes. Hoje temos uma rede de atenção psicossocial que funciona, formada por uma equipe multidisciplinar. Esse simpósio tem por objetivo ampliar esse conhecimento”, destacou.

Programação

A programação do Simpósio foi extensa e contou com as palestras de profissionais como o Dr. Christian Muller, médico Neuropediatra do Hospital da Criança de Brasília; da Juíza da Infância e Juventude, Célia Regina Lara, entre outros especialistas. Também ocorreram apresentações culturais realizadas por crianças autistas da rede municipal, como leitura de poemas e representação teatral.

O público presente aprovou o Simpósio e pediu mais. “É importante discutirmos tema como este com uma boa equipe. Aprendemos, aperfeiçoamos e queremos bis”, pediu a professora Genilda Gomes.

A pedagoga Diva de Jesus também aplaudiu a iniciativa da Prefeitura. “Lidar corretamente com alunos portadores dessa síndrome requer conhecimento especializado. Foi muito produtivo o que aprendemos aqui hoje”, ressaltou.

Com informações de ASCOM/PML