Prefeitura de Luziânia retoma operação tapa-buracos nas principais vias

Entorno

A Prefeitura de Luziânia retomou a operação tapa-buracos nas principais vias da cidade. O serviço de caráter emergencial está sendo realizado por duas equipes e ocorre regionalmente, considerando a logística de locomoção de equipamentos e mão de obra, além do prazo de validade da massa asfáltica que requer altas temperaturas para utilização.

O trabalho tem como prioridades as avenidas e vias com maior fluxo de veículos. Ao todo, são utilizadas cerca de 40 toneladas de concreto betuminoso usinado a quente (CBUQ) por dia para recuperar as vias da cidade (incluindo Jardim Ingá), no entanto, a aplicação desses materiais não pode ser realizada em solo úmido.

“A operação tapa-buraco no período chuvoso é difícil. Quando a chuva para por um período, acionamos as equipes para fazer a recuperação de trechos mais urgentes. Precisaremos de meses para fazer todo o serviço nos locais danificados e isso irá acontecer efetivamente no fim do período chuvoso. Estamos nos preparando para que na estiagem possamos continuar com os trabalhos preventivos”, afirmou o Secretário de Desenvolvimento Urbano, Wilde Roriz (Cambão).

Infraestrutura

Segundo o secretário, a Secretaria Municipal de Desenvolvimento Urbano realiza ainda importantes obras por toda a cidade como, por exemplo, a implantação de galeria de águas pluviais no bairro São Caetano, abrangendo o entroncamento da Avenida Carlos Gomes com o GO 010 (concluída recentemente), e a  drenagem e a canalização do Córrego Rio Vermelho na região que vai do Balão da Santa passando pelos fundos do Banco do Brasil, hospital Santa Luzia até o entroncamento da Av. João Teixeira.

Wilde Roriz ressaltou ainda que a cidade irá continuar recebendo investimentos de maneira planejada. “Estamos nos preparando para algumas intervenções importantes no município. Queremos fazer obras com qualidade que é a marca do governo Cristóvão, priorizamos um serviço bem feito, com material de qualidade, incluindo galerias de águas pluviais e meios-fios. Nossa administração trabalha para garantir a qualidade de vida das pessoas e também para evitar problemas futuros”, concluiu.