O racionamento não se trata de uma solução diante da crise, diz Luzia de Paula

Geral

Preocupada com a crise hídrica a deputada distrital Luzia de Paula (PSB) apresentou algumas leis que tem o intuito de melhor gerir os recursos hídricos no DF.

A Lei nº 5.535/15, de sua autoria, determina que os órgãos públicos da Administração Direta e Indireta instalem válvulas de descarga com duplo acionamento nos sanitários localizados em suas dependências.

A Câmara Legislativa foi um dos primeiros órgãos a instalar o dispositivo. Para Luzia, economizar água é pensar no futuro. “Precisamos de conscientização não só da população, como também do poder público para solucionar os problemas no abastecimento”, alerta a deputada.

A ideia de se instalar as descargas com duplo acionamento nos órgãos públicos, além de proporcionar economia, é uma forma de conscientizar as pessoas para que façam o mesmo em suas residências.

As válvulas de descarga com duplo acionamento são aquelas que dispõem de funcionamento individualizado. Elas proporcionam a redução do volume de água utilizado através do acionamento de duas teclas, sendo elas parcial para líquidos e total para sólidos.

Um dado importante é que cada residência chega a gastar 35% do consumo de água com a descarga. Isso é mais de 1/3 do consumo. A válvula de duplo acionamento pode economizar até 50% da água utilizada na descarga. Isso corresponde a 17,5% de economia na conta de água e nos reservatórios do DF.

“O racionamento não se trata de uma solução diante da crise. O problema vai além, exigindo mudanças de rotina e da maneira como a água é utilizada”, finaliza Luzia.