Na Tecnoshow, Caiado diz que falta de infraestrutura e segurança atrapalham agronegócio

Política
O senador Ronaldo Caiado (Democratas) foi aplaudido por produtores rurais e empresários do agronegócio durante a abertura da 16ª Tecnoshow Comigo, em Rio Verde. O líder do Democratas no Senado criticou o Estado por não oferecer infraestrutura mínima para o escoamento da produção, pela falta de segurança e defendeu alternativa que minimize os efeitos da decisão do Supremo Tribunal Federal (STF), que autorizou a União a cobrar dos empregadores rurais a contribuição para o Fundo de Assistência ao Trabalhador Rural.
Na presença do ministro Blairo Maggi, do prefeito de Rio Verde, Paulo do Vale (PMDB), da senadora Lúcia Vânia (PSB) e várias outras autoridades, o parlamentar afirmou que lutará no Congresso para que a questão seja debatida amplamente em caráter de urgência. “Sei como os produtores rurais estão apreensivos com tudo o que tem ocorrido nesses últimos dias. A última notícia foi a decisão do STF que irá penalizar tantos produtores rurais. Queremos uma saída para isso e vamos buscá-la em caráter de urgência”, afirmou o senador, que tem avaliado com sua equipe técnica o assunto. “Vamos ainda fazer o périplo, caminhar até todos os ministros do tribunal para anunciarmos uma saída para o passivo do fundo rural”, afirmou.
No discurso  mais aplaudido do dia, o democrata não deixou de mencionar as dificuldades enfrentadas pelo setor em Goiás por conta das péssimas condições de infraestrutura e segurança do Estado, que afetam principalmente os produtores. “Precisamos lutar fortemente pela infraestrutura e segurança. A carência aqui é enorme. O homem do campo é submetido cada vez mais a assaltos nas suas propriedades. Mas vamos lutar para que o setor possa mostrar não só sua capacidade de produção, não só sua condição superavitária, de único setor respeitado internacionalmente. Esse coração que impulsiona a agricultura vai impulsionar 2018. Vai mudar a política brasileira e a do nosso Estado”, disse.
Elogios do ministro
 
Antes de iniciar seu discurso, o ministro Blairo Maggi fez questão de mencionar o senador Ronaldo Caiado lembrando as batalhas que enfrentaram na época da União Democrática Ruralista (UDR). “Caiado sempre ajudou muito os agricultores e pecuaristas”, reconheceu. Blairo Maggi também destacou o trabalho da bancada de Goiás nos assuntos relacionados à agricultura e pecuária. “Sei como eles trabalham”, elogiou.
Também apreensivo com a crise no setor, o ministro classificou como muito grave a decisão do STF, embora reconheça que ela precisa ser acatada. “Estou sensibilizado e sei o quanto custa tirar do bolso dos produtores esse dinheiro para repassá-lo à União”, disse, emendando que fará o esforço em Brasília para sensibilizar a equipe econômica sobre o assunto.
Evento
 
Em entrevista a jornalistas antes da abertura, Ronaldo Caiado elogiou a feira, que tem se destacado mesmo em meio à crise econômica. “Além de ser um grande evento, referência nacional, a Tecnoshow tem a capacidade de gerar e difundir tecnologia. Ela prepara o setor rural para ser ainda mais competitivo no mercado”, elogiou.
O prefeito Paulo do Vale, que acompanhou o senador durante toda a visita, agradeceu por mais um ano em que ele se fez presente. “Ele é o nosso maior líder, sempre nos prestigiou e levantou a bandeira do setor produtivo”, disse.
A Tecnoshow já se consolidou como uma das maiores feiras do Brasil. A perspectiva este ano é alcançar ou superar o volume de negociações de 2016, quando registrou R$ 1,3 bilhão, além de receber mais de 100 mil visitantes até o seu encerramento,no dia 7 de abril. A feira terá mais de 550 empresas como expositores.
Com informações da Assessoria Senador Ronaldo Caiado