Murilo Roriz propõe criação de comissão para discutir segurança pública em Luziânia

Política

A falta de segurança em Luziânia vem tirando o sono dos moradores e comerciantes do município. A onda de assaltos e a violência que tem assolado a cidade, nos últimos dias, têm sido veiculadas quase que diariamente em grandes jornais e blogs da região.

No inicio do último mês, uma mega operação, denominada “Tolerância Zero”, reforçou o policiamento da cidade. De acordo com a Polícia Militar, esta ação foi realizada pelo Governo de Goiás. Nela 350 homens trabalharam seguindo a política de intensificação da presença das forças policiais em todo o Estado para combater a criminalidade.

O vereador Murilo Roriz parabenizou a realização e destacou:

“Uma ação como esta, feita pelo vice-governador, José Eliton e o secretário de segurança pública, faz com que se cumpram vários mandados de prisão, acabam-se com bocas de fumo e etc. Mas não é somente isso, nós temos que fazer o nosso dever de casa. Ao invés de brigarmos por bandeiras partidárias, acho que devemos lutar por uma só bandeira, a de Luziânia. Temos que cobrar de quem nos representa como os Deputados Diego Sorgatto; Valcenor Braz; Célio Silveira; Thiago Peixoto; Leda Borges; e a Sônia Chaves, que é filha de Luziânia. Devemos juntar todas estas pessoas para lutarmos pela Segurança pública em nossa região.”

Segundo o parlamentar, o Governo Municipal fez a sua parte buscando andar junto às forças de segurança do estado. Murilo ressalta:

 “O município sozinho não consegue. A responsabilidade maior sobre a segurança pulica é do Governo de Goiás. Eu conclamo a todos os vereadores da câmara para montar uma comissão para ouvir as forças de segurança, lutarmos pelo retorno da Força Nacional de Segurança e também cobrar o efetivo policial que tanto falta. Já está provado que o município de Luziânia está fazendo a sua parte e temos que pedir ao estado uma solução.”

Da redação