Morrinhos, Santa Terezinha e Pirenópolis receberão recursos federais para melhorias na educação

Política

Foram destravados os impasses que impediam a liberação de recursos para três municípios goianos no Ministério da Educação.  As cidades de Morrinhos, Santa Terezinha e Pirenópolis foram assumidas como prioridade na destinação de recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação durante uma reunião do senador Ronaldo Caiado (DEM) com o presidente do Fundo, Sílvio Pinheiro, na noite dessa quarta-feira (07/06).

Ronaldo Caiado foi acompanhado dos prefeitos João do Léo (Pirenópolis) e Marcos Cabral (Santa Terezinha), e do diretor do campus de Morrinhos do Instituto Federal Goiano, Gilberto Silvério da Silva. Na pauta, foram discutidos uma residência estudantil para o IF Goiano de Morrinhos; a renovação da frota escolar em Santa Terezinha; e o transporte rural para Pirenópolis, além da conclusão de uma escola e uma quadra poliesportiva no município.

“Conseguimos convencer o presidente do FNDE a colocar esses municípios como prioridades no MEC mostrando o trabalho sério que fazemos. Tanto no IF Goiano de Morrinhos, que precisa de uma estrutura para poder atender aos jovens de outros municípios; quanto a demanda de Santa Terezinha diante da pressão do Ministério Público pela renovação da frota escolar; e Pirenópolis, que possui uma extensão territorial muito grande e precisa aprimorar o transporte rural”, explicou Caiado.

Morrinhos
O diretor do campus de Morrinhos do Instituto Federal Goiano, Gilberto Silvério da Silva, explicou que o pleito da instituição de 1.200 alunos representa uma garantia de oportunidade para que as pessoas mais simples que não conseguem pagar o transporte tenham a possibilidade de realizar uma educação profissional através de um curso técnico. “Agradecemos muito ao senador Caiado por abrir essa porta junto ao MEC para que possamos avançar em nosso pedido”, afirmou.

Santa Terezinha
Já o prefeito de Santa Terezinha, Marcos Cabral, disse que a renovação da frota escola visa atender a comunidades que chegam a distar 60 quilômetros da sede do município e que não podem ficar sem o transporte municipal. “Só temos que agradecer ao trabalho que o senador Caiado tem feito no Brasil e em Goiás. Foi ele quem conseguiu levar essa nossa demanda para ser ouvida pelo FNDE”, explicou Cabral.

Pirenópolis
Por último, o prefeito de Pirenópolis, João do Léo, explicou que o transporte escolar do município é feito por 27 linhas e que atualmente conta com veículos bastante defasados. “Viemos aqui buscar os recursos e foi justamente o senador Caiado que nos viabilizou essa oportunidade”, comemorou.