Liliane Roriz de volta a Câmara Legislativa

Política

Afastada da Câmara Legislativa desde 23 de agosto, a deputada Liliane Roriz (PTB) retornou à Casa na sessão ordinária desta terça-feira (4) e fez um discurso em defesa da melhoria da saúde pública do DF. A distrital esteve afastada devido a uma licença sem vencimentos para tratar de assuntos particulares e, posteriormente, por causa de um atestado médico para a realização de exames.

A parlamentar estava fora da Casa desde a deflagração da Operação Drácon, comandada pela Polícia Civil e pelo Ministério Público para investigar denúncias sobre suposto desvio de recursos por meio de emenda parlamentar para o pagamento de UTIs.

A investigação foi iniciada a partir de gravações divulgadas pela distrital de conversas com alguns deputados sobre suposto esquema de recebimento de propinas.Na tribuna, Liliane leu várias manchetes de veículos de comunicação sobre os problemas na saúde e a falta de leitos de UTIs. Ela lamentou que o drama de famílias que perdem entes queridos por falta de leitos tenha se tornado rotina no DF.

Em sua opinião, os deputados devem atuar firmemente para modificar esta realidade, por meio de leis, de fiscalização e da destinação de recursos. A deputada mencionou lei de sua autoria que determina a publicação na internet da quantidade de leitos disponíveis, do número de médicos de plantão e do estoque de medicamentos, e que não vem sendo cumprida pelo GDF.
A distrital também explicou os motivos de suas ausências nos últimos dias e, sobre as denúncias apresentadas, disse que “cumpriu o seu papel” como deputada. Segundo Liliane, os fatos falam por si, ressaltando caber ao Ministério Público prosseguir com as investigações. “Meu compromisso é com a verdade e com a população de Brasília. Não sou apenas um sobrenome, do qual, aliás, me orgulho muito”, completou emocionada.
Ao sair da tribuna, Liliane Roriz recebeu os cumprimentos de alguns colegas.

 

Com informações do Acontece Brasília