Iris conquistou todas as gerações, avalia Caiado

Política

A vitória de Iris Rezende (PMDB) nas urnas em Goiânia no último domingo (30/10) deve-se à junção de carisma, trajetória política e projeto de governo. A avaliação do presidente regional do Democratas, Ronaldo Caiado, é de que o peemedebista soube conquistar a admiração de todas as gerações de eleitores.

“Iris Rezende construiu uma escola política. Algo que nos sensibilizou, especialmente no segundo turno, foi a paixão que ele despertou não apenas nos eleitores de mais idade como também nos mais jovens. É algo impressionante”, enalteceu.

Para o senador, outro mérito do futuro prefeito é que ele sabe conquistar a adesão da população, o que é importante neste momento em que Goiânia precisa ser recuperada. “Poucos conseguem a parceria dos moradores como ele. Todos se sentem como construtores da mudança. A capacidade de Iris de aglutinar é seu diferencial como gestor”, avaliou.

Outra qualidade de Iris Rezende é o amplo conhecimento das necessidades de Goiânia, até porque conduziu aqui as suas maiores obras. “Iris conhece todas as deficiências da capital. Tem muita facilidade para governar. É como um cirurgião que já fez uma cirurgia mil vezes e agora opera com muito mais facilidade”, comparou.

Politicamente, Ronaldo Caiado se arrisca a dizer que Iris Rezende jamais irá se aposentar. “Ele tem uma vocação nata e experiência acumulada, fatores importantes para continuar no processo político. Tenho certeza que ficará quatro anos no mandato e será o grande orientador para 2018”, disse.

O democrata disse ainda que a vitória de Iris Rezende consagra a vitória das oposições, iniciada em 2014. “Desde 2014 as oposições entenderam a necessidade de se aglutinar. Naquela época fui o grande beneficiário. Agora a nossa coligação, juntamente com o prestígio de Iris Rezende, o consagrou como vencedor”, comemorou.

Será, segundo o parlamentar, a grande chance de mudar as práticas políticas do Estado. “O povo goiano se cansou da corrupção no governo, que se arrasta há 20 anos. Da mesma forma que o Brasil reagiu Goiás também está reagindo. A população já não aguentar mais uma política caracterizada por sucessivos escândalos, que tira recursos da saúde e da educação”, lamentou.