Invepar devolverá concessão da BR-040 e frustra moradores de Valparaíso e Cristalina

Geral

Enquanto o processo de devolução da concessão não seja efetivado, a rodovia continuará a ser administrada pela Invepar

A decisão da Invepar em devolver o trecho do Entorno do DF, que engloba a região de Valparaíso de Goiás da BR-040 e que vai até Cristalina – rodovia que se estende à cidade de Juiz de Fora (MG), surpreendeu a população, principalmente a de Valparaíso, onde se esperava por muitos benefícios com o término das obras da empresa, responsável pela administração do trecho.

Enquanto o processo de devolução da concessão não seja efetivado, a rodovia continuará a ser administrada pela Invepar

A Invepar, que tem como sócios os três maiores fundos de pensão do país – Previ (Banco do Brasil), Petros (Petrobrás) e Funcef (Caixa Econômica), além da construtora OAS (envolvida na operação Lava Jato), acabou frustrando a comunidade do município goiano, pois as melhorias previstas do trecho que passa por Valparaíso não foram feitas, assim como apenas cerca de 30% da duplicação até Cristalina-GO foi concluída. Atualmente as obras estão paradas há quase um ano. Com anúncio da desistência, agora ninguém sabe qual será o seu destino. Em Valparaíso, esperava-se a construção de pelo menos dois viadutos sobre a BR 040, enquanto a iluminação ficou desativada por quase três anos, sendo necessária a intervenção da prefeitura local para solucionar o impasse.

Enquanto o processo de devolução da concessão não seja efetivado, a rodovia continuará a ser administrada pela Invepar. A BR-040 está no pacote de vias licitadas pelo então Governo Dilma Rousseff para concessão de uso sob a contrapartidas de melhorias realizadas pelos consórcios vencedores. Segundo informações preliminares, o governo pretende licitar a BR para os mesmos fins do projeto anterior nos próximos meses. (Com informações do Blog do Amarildo)