INSS pode verificar Facebook para cortar auxílio-doença

Geral

INSS deve começar ainda neste mês uma revisão nos benefícios de quem recebe auxílio-doença ou aposentadoria por invalidez há mais de dois anos. No entanto, dessa vez não serão analisadas somente a situação física dos segurados, junto com essas informações serão acrescentadas dados publicados em redes sociais, como o Facebook, de acordo com a Folha de S.Paulo.

Portanto, o beneficiário que exibe uma vida feliz e cheia de festas em perfis nas redes sociais deve ficar alerta, pois o comportamento, ainda que simulado, pode ser utilizado para que o órgão o considere saudável e pronto para voltar ao mercado de trabalho.

No ano passado, a Advocacia-Geral da União, que representa o INSS em ações judiciais, apresentou postagens em redes sociais como prova de que uma segurada de Ribeirão Preto, interior de São Paulo, não tinha depressão grave. A mulher entrou na Justiça após ter o benefício cortado.

O início da revisão depende da publicação de uma portaria interministerial que deve sair nos próximos dias. De acordo com o jornal, o governo interino pretende cortar 30% dos 840 mil auxílios concedidos há mais de dois anos.

Com informações da Agência Brasil