Entrevista Especial: Thiago Maroca, pré-candidato a vereador pelo PSOL em Valparaíso

Política

O Blog do Hudson Cunha fará uma série de entrevistas com os vários pré-candidatos a vereadores e prefeitos das cidades no Entorno do Distrito Federal. O objetivo é realizar questionamentos e apresentar à população quem eles são e o que eles pensam.

Foto: Thiago Maroca/PSOL - Arquivo
Foto: Thiago Maroca/PSOL – Arquivo

Blog do HC: Conte-me um pouco da sua história, quem é Thiago Maroca?

 TM: Sou Thiago Maroca, um cara de origem simples. Minha mãe foi dona de casa e meu pai vendedor. Estudei a vida inteira em escolas públicas de Valparaíso e somente tive a oportunidade de ingressar numa faculdade, por meio do ProUni. Cursei Publicidade e Propaganda e hoje sou professor universitário e técnico de televisão. Em Valparaíso, participei do movimento de escoteiros [recomendo para qualquer jovem], promovi a geladeira cultural e a plantação de mudas. Sempre com o pensamento de melhorar a qualidade de vida das pessoas.

Blog do HC: Por que ser candidato a vereador pelo Partido Socialismo e Liberdade (PSOL)?

TM: Filei-me ao P Sol por uma questão de posicionamento e também pela presença do partido na Câmara. O partido tem o discurso que me encantou. É coerente com o que eu penso.

Blog do HC: Quando e porque se interessou pela política?

TM: Resolvi participar da política assim como qualquer morador sou incomodado com a política local e também estava estagnado. E com as manifestações eu fui para a rua todos os dias. Guardo esta frase comigo “Aqueles que não gostam serão eternamente governados por quem gosta. ” Então se está errado, que acho que eu tenho que participar deste movimento para as coisas acontecerem.

Blog do HC: Ainda como pré-candidato, já começou os trabalhos de base? Como estão os apoios? E quanto aos pré-candidatos à Prefeito, já decidiu quem vai apoiar?

TM: Nossas propostas irão se basear em tudo aquilo que possa melhorar a vida das pessoas. A ideia é não apoiar as velhas políticas, será algo que vai além do ato de trocar cadeiras e ganhar emprego público. É muito mais de poder fazer algo pela cidade e pelas pessoas, com respeito e cidadania. Desta forma, penso que podemos mostrar que existe uma saída, sem depender tanto da máquina pública. Uma das deliberações do partido é a coligação com o PC do B.

Blog do HC: Deixe um recado para os seus eleitores.

TM: Mesmo com a reforma eleitoral sabemos que o modelo da antiga política poderá persistir por alguns anos. Eu não quero falar bonito eu quero ouvir você, saber dos problemas que estão ao meu alcance de resolver e juntos buscarmos a solução em quem tem que resolver. Ainda não posso pedir voto, mas queria muito contar com o apoio de quem acredita que podemos fazer diferente.

 

Da redação