“Discurso de respeito ao Congresso não condiz com descumprimento de nossas leis”, diz Caiado a Barbosa

Política
O líder do Democratas no Senado Federal, Ronaldo Caiado (GO), rebateu o ex-ministro do Planejamento, Nelson Barbosa que afirmou que o Governo Dilma respeitava as prerrogativas orçamentárias do Congresso Nacional. Em sessão na Comissão do Impeachment desta sexta-feira (17/06), Caiado lembrou o descumprimento ao Artigo 4º da Lei Orçamentária Anual (LOA) e ao Artigo 167 da Constituição.
 
“Me desculpe vossa senhoria, mas não posso admitir que diga que o Congresso tem esse respeito todo sendo que o governo ao qual serviu descumpriu nossas leis. Como dizer que respeita o parlamento se consta na LOA que o que foi praticado no Governo Dilma infringe e implica em crime fiscal? Como dizer que o Congresso é soberano se o Governo Dilma mentiu e atropelou nossas leis orçamentárias?”, questionou Caiado.
 
 O democrata ainda fez referências a práticas adotadas em 2014, quando medidas de desoneração foram criadas em período eleitoral e reajustadas logo após as eleições. “O que está claro é a condição acessória com a qual o Governo Dilma tratou o Congresso e brincou com o orçamento. Está bem claro é que vocês do Planejamento na época do processo eleitoral ampliaram enormemente as desonerações no país para depois voltar atrás via MP. Todas a manobras do governo conspiravam no sentido de ganhar as eleições e depois tentar ver como tapar os buracos criados”, lembrou.
Por: Érica Ianuck