Curso sobre Fototerapia na MNSL destaca a importância da qualificação no tratamento de recém-nascidos com ictérica

Geral

A Maternidade Nossa Senhora de Lourdes (MNSL) promoveu, de 17 (quarta-feira) a 19 (sexta-feira) de agosto no auditório da unidade, o curso de Fototerapia, tratamento utilizado em recém-nascidos com icterícia. O curso, voltado para colaboradores do setor de Enfermagem, teve como principal objetivo a capacitação da equipe técnica da maternidade.

A coordenadora de Enfermagem, Juliana Nascimento, destacou a importância do encontro e afirmou que, por meio de oficinas e palestras, é possível garantir ainda mais a segurança dos recém-nascidos que necessitarem deste tipo de terapia.A enfermeira do Centro Cirúrgico, Adelaide Tavares, uma das palestrantes, explicou para o público presente sobre os aspectos fisiológicos da icterícia e seus três graus de casos – leve, moderado e grave. A receptividade dos participantes foi um dos pontos que chamou a atenção da consultora de vendas da Hospcom, Ludiane de Oliveira Mendes, responsável pela parte prática da oficina de trabalho. “Percebi interesse e engajamento da equipe e isto é importante para a continuidade do atendimento de forma segura e eficaz”, concluiu a consultora de vendas.

A iniciativa foi parabenizada pelo coordenador de qualidade Igor Bezerra Cardoso. “Estas capacitações são necessárias nas unidades de saúde. Esta, especificamente, trouxe um tema que abrangeu a equipe do setor de Enfermagem com o apoio da engenharia clínica, o que contribui para que o procedimento se concretize de forma padronizada e segura, mitigando os possíveis riscos” afirma Igor Bezerra Cardoso.

A coordenadora do Núcleo de Segurança do paciente, Edilaine Santos, também elogiou os colegas e reafirmou a importância de uma educação continuada. “O aprendizado é um processo contínuo que vem acrescentar e agregar novos conhecimentos aos profissionais, garantindo assim uma maior qualidade e segurança no atendimento aos nossos pacientes da MNSL”, destaca.