Campanha Selo Amigo do Digital chega à reta final no DF e entorno

Geral

Parceria entre Seja Digital e comerciantes auxiliará na conscientização sobre a migração do sinal de TV

Daqui a menos de um mês, Brasília e outras nove cidades do entorno irão receber sinal de TV totalmente digital. Na região, a Seja Digital, entidade responsável pela gestão desse processo, lançou o Selo Amigo do Digital. A iniciativa, que visa certificar pontos comerciais engajados com a digitalização do sinal, já conta com mais de 500 pontos espalhados pelas cidades do entorno. A expectativa é engajar mais de dois mil parceiros até a data do desligamento do sinal analógico, em 26 de outubro deste ano.

Os estabelecimentos que aceitam ser ”Amigos do Digital” atuam como multiplicadores do processo de desligamento para os seus clientes e comunidade. “Essa iniciativa visa ampliar a discussão sobre o tema, qualificando influenciadores locais para tirar dúvidas sobre o processo de desligamento. A conversa informal, no balcão da padaria ou com o farmacêutico de confiança, contribui para compreender o assunto”, explica o diretor geral da Seja Digital, Antonio Carlos Martelletto.

Além de levar informações sobre a TV digital à população, os novos parceiros irão orientar a população sobre a instalação correta dos equipamentos que possibilitam o acesso ao sinal digital. Outro esclarecimento prestado pelos parceiros diz respeito à busca de canais, procedimento realizado no televisor ou no conversor para que o equipamento encontre o sinal digital das emissoras de TV.

Para utilizar o Selo Amigo do Digital em seus estabelecimentos, os comerciantes passam por um treinamento e recebem um kit com conversor e antena.

Sinal digital: mais qualidade para a sua TV

O sinal digital representa um avanço tecnológico para o Brasil e proporciona diversos benefícios aos telespectadores. O mais perceptível é a melhoria na imagem e som, aspecto que oferece qualidade de cinema à TV aberta. Para ter acesso a esses benefícios, é fundamental que os moradores estejam preparados, uma vez que somente quem estiver apto  a receber o sinal digital continuará assistindo à televisão após o desligamento.

Os aparelhos de tubo e de tela plana, fabricados antes de 2010, não são compatíveis com o novo sinal. Mas não há necessidade de se desfazer destes equipamentos. Basta que os telespectadores comprem um conversor para se adequar a nova tecnologia. Os televisores de tela plana fabricados a partir de 2010 já possuem o conversor interno e já estão aptos ao digital. Para ter certeza, basta conferir o manual de fabricação ou o controle remoto original do aparelho – a TV é digital se o controle tiver quatro botões coloridos.

Em ambos os casos, é necessário que a antena também seja compatível. Quem usa antena parabólica ou é cliente de TV por assinatura continuará recebendo seus sinais sem necessidade de mudança.

Sobre a Seja Digital

A Seja Digital (EAD – Entidade Administradora de Processo de Redistribuição e Digitalização de Canais TV e RTV) é responsável por operacionalizar a migração do sinal analógico e digital da televisão no Brasil. Criada por determinação da Anatel, tem como missão garantir que a população tenha acesso à TV Digital, oferecendo suporte didático, desenvolvendo campanhas de comunicação e mobilização social e distribuindo kits para TV digital para as famílias cadastradas em programas sociais do Governo Federal. Também tem como objetivos aferir a adoção do sinal de TV digital, remanejar os canais nas frequências e garantir a convivência sem interferência dos sinais da TV e 4G após o desligamento do sinal analógico. Esse processo teve início em abril de 2015 e tem previsão de finalização em 2018, de acordo com cronograma definido pelo Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações