Câmara Legislativa comemora os 28 anos da Constituição Cidadã

Geral

Proposta pelo deputado Raimundo Ribeiro (PPS), foi realizada hoje (7), no plenário da Câmara Legislativa do Distrito Federal a Sessão solene em comemoração aos 28 anos da promulgação da Constituição Cidadã. O evento contou com a presença de constituintes que contaram um pouco da história de nossa constituição.

Durante a sessão, os presentes acompanharam um vídeo que relembrou a época em que a carta maior foi criada. Emocionada, a ex-governadora Maria de Lourdes Abadia, que participou da criação da nossa Constituição, leu o discurso feito por Ulisses Guimarães no dia da promulgação. Em um dos trechos, Ulisses Guimarães dizia: “Aqui estamos representando o Brasil, vamos corresponder essa confiança. O nosso primeiro compromisso é não ter medo”.camara-legislativa-comemora-os-28-anos-da-constituicao-cidada-2

Outra deputada constituinte, Moema Santiago, fez questão de frisar que este momento, realizado pelo deputado Raimundo Ribeiro, é um resgate da história do Brasil e que os verdadeiros golpistas são aqueles que não quiseram assinar a Constituição. “Dr. Ulisses, hoje, seria a representação maior dessa luta”, disse.

Para o deputado Raimundo Ribeiro a Constituição, hoje, está sendo maltratada. “A gente não consegue conter o grito quando agridem a nossa Constituição. A liberdade que hoje temos é graças a essa Assembleia Constituinte que criou a nossa Lei Maior”.

De acordou com o distrital, o Brasil convive hoje com a omissão do Legislativo, a tirania do Executivo e a lentidão do judiciário. “Tomei a liberdade de preparar uma indicação e estou colhendo o apoio dos outros parlamentares desta casa para encaminhá-la ao Congresso Nacional, onde pediremos, além da reflexão, que seja feita uma assembleia nacional constitucional exclusiva para repensar e, se for o caso, fazer uma nova carta política, pois a atual Constituição deixa tantas dúvidas que a população tem inúmeras deturpações”, avisou.

O parlamentar encerrou a sessão fazendo um apelo. “É fundamental que estejamos atentos para não deixar que essa Carta Cidadã, fruto da mais linda história de luta do povo brasileiro, se transforme em outra coisa, através da sandice de algumas pessoas não preparadas para exercer determinadas funções públicas”.

Estiveram presentes no evento o Diretor Geral da Defensoria Pública do DF, Dr. Ricardo Batista, a Presidente da Associação Nacional dos Defensores Públicos Federais, Dra. Michele Leite e a representante da OAB/DF, Dra. Elise Corrêa, dentre outras autoridades.